Egresso do curso de Medicina Veterinária tem dissertação aprovada no Mestrado de Biotecnologia do UNINTA

Na terça-feira, 31 de maio, o estudante do Programa de Mestrado em Biotecnologia do Centro Universitário Inta (UNINTA), Valcledes Nascimento do Oriente, apresentou o seu trabalho de dissertação, sendo aprovado pela banca examinadora. A exposição ocorreu no auditório da Professora Eliana Aragão, no Complexo Odontológico do Campus Sobral, e contou com a presença de docentes e discentes.

O egresso do curso de Medicina Veterinária é colaborador do Hospital Veterinário (HOVET) do UNINTA e inovou em sua pesquisa, trazendo um primeiro estudo sobre a “Ocorrência de Anticorpos Anti – Toxoplasma gondii em Felinos Domésticos (Felis catus) no Município de Sobral, Ceará”.

A banca examinadora foi composta pelos docentes Profa. Dra. Jessica Maria Leite dos Santos (Orientadora), Prof. Dr. Francisco Roger Aguiar Cavalcante e a Profa. Dra. Ana Milena César Lima, da EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

O coordenador do Mestrado, Prof. Dr. João Batista Cajazeiras, enfatizou e elogiou o pioneirismo da pesquisa do estudante. “Destaco que este é o primeiro estudo a fornecer informações epidemiológicas da infecção por ‘Toxoplasma gondii’ entre os gatos no município de Sobral. Este trabalho abre portas para que outras pesquisas nesse tema sejam realizadas, mostrando assim a importância da pós-graduação na nossa instituição”. Pontuou.

Já fazendo planos para a seguir a carreira acadêmica, Valcledes usou suas palavras para demonstrar muita gratidão ao UNINTA. “É uma grande realização e uma felicidade imensa. A instituição sempre me abriu portas importantes e agradeço bastante, tenho muita gratidão por tudo. É um crescimento na profissão e uma contribuição para a Medicina Veterinária de Sobral. A partir de agora, com um tempinho para me programar, já começo a fazer um planejamento para quem sabe seguir ao doutorado”. Destacou.

Com a defesa de Valcledes, o Programa de Mestrado em Biotecnologia do UNINTA já soma trinta e quatro (34) dissertações defendidas.

Sobre o Programa de Mestrado em Biotecnologia do UNINTA
Criado em 2014, o Programa de Mestrado em Biotecnologia do Centro Universitário Inta (UNINTA) tem como objetivo geral formar pesquisadores e profissionais com uma sólida formação interdisciplinar, qualificados para o desenvolvimento de atividades de docência no magistério superior, pesquisa e/ou desenvolvimento tecnológico nas áreas de biologia e biotecnologia.

O Mestre em Biotecnologia deverá ser capaz de propor e desenvolver pesquisas relacionadas a processos e produtos inovadores no campo da biotecnologia, com ênfase em Ciências da Saúde e Agrárias.

Publicações recentes