O PRÊMIO DESTAQUE UNIVERSITÁRIO CHANCELER DR. OSCAR SPÍNDOLA RODRIGUES JUNIOR 2021 É A OPORTUNIDADE PARA COLOCAR O SEU CONHECIMENTO EM PRÁTICA, ENRIQUECER O CURRÍCULO E AINDA GANHAR RECONHECIMENTO!

A premiação acontecerá no dia 09 DE DEZEMBRO DE 2021, ÀS 19 HORAS, NO CENTRO UNIVERSITÁRIO INTA – UNINTA

Sobre o Prêmio Universitário UNINTA

Prêmio Destaque Universitário Chanceler Dr. Oscar Spíndola Rodrigues Junior é uma iniciativa do Magnífico Chanceler e fundador do UNINTA, Dr. Oscar Spíndola Rodrigues Junior. 

O projeto tem como objetivo estimular a participação dos acadêmicos na implementação da pesquisa científica e incentivá-los a desenvolver a cultura de auto avaliação e reflexão sobre a prática acadêmica, reconhecendo os trabalhos de qualidade técnica, científica e criativa.

A proposta é a premiação do mérito dos discentes dos cursos de Graduação e do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu (Mestrado) do UNINTA, que melhor se destacarem em atividades de pesquisa, extensão, inovação, técnico e cultural.

Para os primeiros três classificados de cada grupo de cursos em cada categoria (VER ANEXO I DO EDITAL), além do Certificado de Menção Honrosa, haverá premiação no valor de R$ 1.200,00 (um mil e duzentos reais) aos 1o colocados, de R$ 800,00 (oitocentos reais) aos 2o colocados e R$ 500,00 (quinhentos reais) aos 3o colocados, totalizando R$ 15.000,00 (quinze mil reais) em prêmios.

Aproveite a oportunidade e inscreva-se até o dia 27 de outubro de 2021!

Prêmio Universitário Uninta

Fechar

Baixe o Edital

Preencha os campos abaixo para acessar e baixar o edital








Quem pode participar?

Prêmio Destaque Universitário Chanceler Dr. Oscar Spíndola Rodrigues Junior 2021 é exclusivo para estudantes das instituições mantidas pela AIAMIS, segundo Edital.

Para participar, você deverá atender às seguintes especificações:

  • Estar regularmente matriculado nos semestres letivos 2021.2 nos cursos de Graduação ou Pós-Graduação Stricto sensu presencial das instituições participantes, elencados no ANEXO I do edital.
  • Não ter recebido punições acadêmicas previstas no Regimento Geral da Instituição.
  • Não seja colaborador docente de instituição mantida pela AIAMIS.
  • Ter professor-orientador integrante do quadro docente da AIAMIS.