Durante os dias 12 e 13 de novembro, a coordenação do Mestrado em Biotecnologia do Centro Universitário Inta (UNINTA) promoveu a segunda edição do seu Workshop. A programação reuniu palestras e minicursos com o principal objetivo de discutir as pesquisas realizadas no país e no estado do Ceará na área da biotecnologia. 

A coordenadora do Programa de Mestrado em Biotecnologia, Profa. Dra. Magaly Sales Monteiro falou sobre a iniciativa. “Os discentes do mestrado em Biotecnologia e da graduação do UNINTA incorporaram o conhecimento da importância desta área para o desenvolvimento da sua região, seu estado e Brasil. Puderam também conhecer as universidades brasileiras que têm produtos biotecnológicos comercializados por empresas, possibilitando a visão empreendedora nos alunos.” 

A mesa de abertura contou com a presença das Pró-Reitoras Profa. Dra. Chrislene Carvalho dos Santos Pereira Cavalcante e Profa. Ma. Eliza Angélica Rodrigues Ponte; da Diretora de Processos Seletivos, Profa. Me. Rita de Cássia, e da coordenadora, Profa. Dra. Magaly Sales Monteiro.

O evento teve também a presença de uma turma de alunos da escola C.E.R.E Pref. José Euclides Ferreira Gomes Jr. (CIRÃO), de Sobral, acompanhada pelo Prof. Marcos Uchoa. A ideia foi apresentar aos jovens o que a área da biotecnologia tem feito para melhorar as condições econômicas do país.

Ainda de acordo com a Profa. Magaly Sales, o momento permitiu  também a troca de experiências entre os participantes. “Os alunos novos do mestrado e da graduação do UNINTA tiveram a oportunidade de conhecer as pesquisas e dicas dos egressos que continuam na área da biotecnologia ou fazendo doutorado em universidades federais e estaduais do país ou seguindo como docentes no próprio Inta. Nesse evento tivemos o depoimento de duas egressas que fazem doutorado na UFRN e UFMG, e outros dois que seguem na academia do UNINTA. Com isso, todos os participantes percebem a importância da continuidade dos estudos após o término da graduação.”