Egresso de Biomedicina é aprovado em mestrado da UFC

Reafirmando a qualidade e a dedicação no ensino, o curso de Biomedicina do Centro Universitário Inta (UNINTA) aprovou mais um egresso em seleção de Mestrado. O biomédico Moisés Bruno Marinho Rocha foi aceito no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGB) da Universidade Federal do Ceará.

Em agradecimento e comemoração ao 6º lugar na seleção, Moisés comenta sobre sua mais nova conquista na carreira. “Ser aprovado no Programa de Pós-Graduação da UFC de Sobral é uma alegria, pois as vagas são bastante concorridas e a banca de doutores da seleção é bastante exigente com os concorrentes. Sou grato primeiramente a Deus, a minha família por todo apoio e ao UNINTA, em toda sua equipe, e, em especial, ao coordenador do Curso de Biomedicina Professor Dr. Vicente Landim e todos os professores do curso que, de alguma forma, me incentivaram a seguir na área acadêmica.”

Além de coordenador, o Prof. Vicente Landim, foi orientador do Trabalho de Conclusão de Curso de Moisés durante a graduação, lembrança que o docente guarda com orgulho. “Me sinto imensamente feliz e orgulhoso. Moisés sempre participou de eventos e projetos do curso, fez parte de ligas acadêmicas, projetos de extensão e iniciação científica. Tudo isso contribuiu, com certeza, para que ele pensasse, após a conclusão da graduação, em entrar num processo de pós-graduação como o mestrado.”

O egresso reforça o incentivo que teve na graduação e relembra: “cursar Biomedicina no UNINTA, desde o início, me proporcionou uma visão diferenciada sobre a importância da pesquisa científica como mais uma das possibilidades de atuação. Essa visão foi repassada desde o primeiro semestre e me acompanhou até o último semestre do curso, sendo demonstrada como promissora para um crescimento profissional relevante para todos os acadêmicos interessados na área”, diz Moisés.

A construção dessa maturidade nos alunos, deve-se, em grande parte, ao projeto pedagógico do curso e seus diferenciais. No curso de Biomedicina do UNINTA, são vários os incentivos para dar ao acadêmico uma vasta lista de áreas para atuação no mercado de trabalho, e possibilita também, de forma exclusiva, que o acadêmico saia da graduação com duas diferentes habilitações. Iniciativas como esta são sempre incentivadas pela instituição, em especial, pelo Chanceler Dr. Oscar Spíndola Rodrigues Junior.

O coordenador Vicente Landim aponta alguns dos diferenciais da formação. “Associo dois momentos importantes para quem quer seguir a vida acadêmica. Uma é a Monitoria, que instiga no aluno esse lado docente e a Iniciação Científica, que vai fomentar esse conhecimento da pesquisa e vai trazer uma experiência extraclasse diferente para esse aluno. Então, quando nós associamos essas experiências, você tem, muitas vezes, estudantes que se identificam e que vão seguir a vida acadêmica através de um mestrado ou doutorado. Temos também as Ligas Acadêmicas, que trabalham o tripé ensino, pesquisa e extensão.”

Publicações recentes