Acadêmico de Medicina do UNINTA participou do revezamento da Tocha Olímpica

Principal símbolo do espírito dos jogos olímpicos, a tocha olímpica percorreu todo o Brasil em 2016, durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Diversas pessoas foram selecionadas para participar deste percurso com a oportunidade de carregá-la. E o processo para ser escolhido não era nada fácil, a comissão organizadora buscava por jovens com histórias impactantes.

E um dos escolhidos para a ocasião, foi o estudante do curso de Medicina do Centro Universitário Inta (UNINTA), Raphael Reis Cruz Moraes, 20 anos. Foi seu histórico de dedicação que chamou a atenção dos organizadores da olimpíada naquele ano. A emoção de percorrer o trajeto como um verdadeiro campeão gerou ainda mais entusiasmo para as conquistas que tanto almejava.

Ele conta detalhes sobre a seleção que participou e também fala do sentimento de felicidade que viveu. “Foi um turbilhão de sensações. Tudo começou com a minha mãe que se deparou com uma propaganda sobre o revezamento da Tocha Olímpica. Isso tudo ainda em 2015. Minha mãe não perdeu tempo e escreveu a carta de inscrição citando sobre a minha história, detalhando principalmente minha vida estudantil, em que sempre fui destaque não só pelas notas como também por ajudar meus amigos e a instituição ao qual pertencia. Até que recebemos a confirmação de que eu era um dos escolhidos”.

A mãe de Raphael, Maristenia Reis Cruz, foi a responsável por explicar todo o simbolismo da tocha e criar no filho a curiosidade e o entusiasmo para aquele momento histórico. “Fomos preparados para esse grande dia, e foi uma sensação incrível”, lembra o estudante.

O jovem discente que sempre se destacou nas aulas, se formou em Técnico de Rede de Computadores pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e atingiu mais de 700 pontos na média do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Com muito esforço buscou de todas as formas alcançar o seu objetivo. Raphael hoje, com o auxílio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior – FIES, estuda no curso dos seus sonhos.

E, assim como milhares de estudantes que sonham em ingressar em Medicina numa grande instituição de ensino superior, Raphael, lutou e estudou bastante durante o ensino médio para chegar até o curso tão sonhado. Atualmente, está no segundo semestre do curso e conta que sonha em exercer a pediatria, mas admite que está em dúvida e aberto a qualquer nova área.

O acadêmico de medicina do UNINTA, reside em Maracanaú e aguarda a volta das aulas práticas para ir a Sobral, enquanto isso, divide o seu tempo com as aulas síncronas. Apaixonado pela cultura Geek ele fala sobre os seus hobbies, “meu tempo é bem dividido para me dedicar aos estudos (a medicina agora) e ao meu lazer com os jogos de videogame. Além disso, costumo sempre fazer algo em família como assistir séries, filmes, e quando for possível, ir ao cinema, praias, enfim”. Destaca.

Publicações recentes