Sobre o Curso

O Curso de Bacharelado e Licenciatura em Cinema e Audiovisual do Centro Universitário INTA UNINTA é pioneiro na cidade de Sobral, sendo também o terceiro da área a ser fundado no Ceará e o primeiro no interior do Norte-Nordeste em uma IES privada.

O curso propõe uma convergência entre as potências cinematográficas da região Norte do Ceará, unindo arte, ciência, tecnologia e mercado. A infraestrutura e o polo comercial, industrial e acadêmico-tecnológico da cidade de Sobral, as belas paisagens de sertão, serras e praias, em que se incluem a Ibiapaba e Jericoacoara, a cultura e a arte regional, bem como a demanda de profissionais e serviços no setor audiovisual fazem deste um dos cursos mais promissores da região.

O Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual do UNINTA está de acordo com a Diretriz Curricular Nacional nº 10 de 27 de junho de 2006 do MEC, a qual propõe três eixos de formação: o Núcleo de Teorias da Comunicação, o Núcleo das Disciplinas Específicas e as Atividades Complementares Específicas.

No Primeiro Núcleo estão as disciplinas teóricas, de formação social e humana, nas áreas de Cultura, Sociedade, Comunicação, Estética, Linguagem e Metodologia. No Segundo Núcleo, encontram-se as disciplinas teóricas e práticas do campo específico do Cinema e Audiovisual, dispostas nas áreas de História, Fotografia, Som/Áudio, Texto, Edição, Iluminação entre outras. O Terceiro Núcleo é reservado para as atividades laboratoriais e práticas diretas, com disciplinas de Realização Audiovisual, Laboratório Experimental e Estágios.  O aluno será capacitado, portanto, nas seguintes áreas: a) cnica e formação profissional; b) Realização em cinema e audiovisual; c) Teoria, análise e crítica do cinema e do audiovisual; d) Economia e Política do cinema e do audiovisual. (Ver descrição detalhada abaixo em “Habilidades e Competências)

 

Objetivos

a) Objetivo Geral

Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual do UNINTA tem por objetivo formar profissionais humanistas, críticos, éticos, técnicos e competentes para atuação na atividade cinematográfica e do campo expandido do setor audiovisual, que desenvolvam a arte e a comunicação como prática social, utilizando-se da reflexão teórica, da criatividade, do do conceito estético, do espírito crítico e humanista dentro do seu contexto local.

b) Objetivos Específicos

  • Aperfeiçoar técnicas de produção de conteúdo audiovisual tratando a linguagem como ação e a arte e comunicação como ato social;
  • Desenvolver a pesquisa e a reflexão sobre a arte e comunicação e seus impactos na sociedade;
  • Explorar os novos usos para a arte e comunicação na forma audiovisual dentro da sociedade;
  • Refletir sobre os processos artísticos, comunicativos e midiáticos por meio da pesquisa;
  • Proporcionar uma formação capaz de contribuir para a qualificação do mercado de trabalho local e regional;
  • Formar profissionais competentes para atuação e transformação no âmbito das Artes, Cinema, Audiovisual e Comunicação Social;
  • Garantir e incentivar a interface da aprendizagem acadêmica do estudante com a experiência do trabalho profissional, por meio de convênios ou parcerias;
  • Gerar ambientes de experimentação em que o estudante possa agir em condições de produção, ritmo e qualidade técnica similar às encontradas no exercício prático da profissão;
  • Atender às demandas da região no que diz respeito às profissões de cineasta, realizador audiovisual, técnico, pesquisador, curador e crítico de arte;
  • Contribuir com a preservação do patrimônio e da memória cultural, histórica e social da região, refletindo sobre as diversas teorias e estéticas das artes e da comunicação e suas interfaces com outras áreas do conhecimento aplicadas à realidade regional;
  • Analisar e compreender os avanços do campo e da linguagem audiovisual e sua influência em relação ao cotidiano e às linguagens e mídias tradicionais, expressas em termos de veículos de comunicação de massa;
  • Aprofundar o estudo e a interpretação do desenvolvimento da linguagem audiovisual e das novas tecnologias de comunicação e informação com base na revalorização histórica, social e cultural;
  • Pesquisar e compreender os processos e as estratégias de arte e comunicação social nos grupos humanos e nas organizações públicas e privadas;
  • Estudar a arte e a tecnologia como vetor de transformação social, geradora de novas articulações na sociedade;
  • Produzir filmes de diversos gêneros (documentário, ficção, animação),  formatos (cinema, tv, internet e mídias móveis), suportes (digital e película) e durações (curta, média e longa metragens) nas esferas artísticas, comerciais e científicas, voltados seja ao circuito de Cinema, ao mercado audiovisual ou ao âmbito acadêmico;
  • Gerir processos técnicos e estéticos de produção, bem como processos administrativos e econômicos em Cinema e Audiovisual, de modo a unir e aplicar as referências teóricas, conceituais e técnicas específicas à compreensão do campo e mercado regional em questão, fomentando uma formação versátil e diversificada das artes ao empreendedorismo.

 

Área de Atuação

Existe uma ampla gama de setores e áreas de atuação disponíveis ao profissional de Cinema e Audiovisual, que inclui, entre outras: ficção; documentário; animação; televisão; videoarte; publicidade; redes sociais; mídias digitais. Ou ainda, em atividades correlatas, como por exemplo: na promoção de projetos ou gestões coerentes e pertinentes à comunicação audiovisual, seja no setor estatal, seja no privado; na gestão e administração de empreendimentos de Cinema e Audiovisual; em produtoras, emissoras e distribuidoras de Cinema, Audiovisual e Televisão; na organização e divulgação de eventos – artísticos, científicos, tecnológicos e/ou educacionais; na área de Mídias e Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC); na pesquisa artística ou acadêmica e na docência em diversas áreas, entre várias outras atuações possíveis.

 

O Profissional

O profissional de cinema e audiovisual tem um vasto campo a trabalhar, podendo oferecer serviços e produtos diversificados de edição, produção, fotografia, áudio, direção de arte, design, cenografia, figurino,  roteiro, consultorias, crítica cinematográfica, entre muitas outras especialidades, seja em produtoras, em emissoras de televisão aberta ou fechada, nas mídias digitais, na plataforma web, com Tecnologias da Informação e Comunicação, no mercado publicitário, bem como em eventos culturais ou científicos, na produção, crítica ou curadoria artística, na pesquisa e na docência.

 

Perfil do Egresso

O egresso do Curso de Bacharelado e Licenciatura em Cinema e Audiovisual do Centro Universitário INTA – UNINTA estará apto a desempenhar as profissões de cineasta, realizador audiovisual, técnico, pesquisador, docente, curador e crítico de arte com ampla formação acadêmica, humanista, técnica, crítica e reflexiva, capacitado a atuar como produtor intelectual e agente da cidadania, capaz de responder, por um lado, à complexidade e ao pluralismo característicos da sociedade e da cultura contemporânea e, por outro, dos fundamentos teóricos e técnicos especializados. Dessa forma terá clareza e segurança para o exercício de sua função social específica no contexto regional e local de sua identidade profissional singular e diferenciada dentro do campo maior da Arte e Comunicação.

O Curso proporciona ao aluno aptidões que produzem um profissional capaz de:

  • Aperfeiçoar técnicas de produção de conteúdo audiovisual tratando a linguagem como ação e a arte e comunicação como ato social;
  • Desenvolver a pesquisa e a reflexão sobre a arte e comunicação e seus impactos na sociedade;
  • Explorar os novos usos para a arte e comunicação na forma audiovisual dentro da sociedade;
  • Refletir sobre os processos artísticos, comunicativos e midiáticos por meio da pesquisa;
  • Estar qualificado para o mercado de trabalho local e regional, bem como ter competência para atuação e transformação no âmbito das Artes, Cinema, Audiovisual e Comunicação Social;
  • Atender às demandas da região no que diz respeito às profissões de cineasta, realizador audiovisual, técnico, pesquisador, professor, curador e crítico de arte;
  • Contribuir com a preservação do patrimônio e da memória cultural, histórica e social da região, refletindo sobre as diversas teorias e estéticas das artes e da comunicação e suas interfaces com outras áreas do conhecimento aplicadas à realidade regional;
  • Analisar e compreender os avanços do campo e da linguagem audiovisual e sua influência em relação ao cotidiano e às linguagens e mídias tradicionais, expressas em termos de veículos de comunicação de massa;
  • Aprofundar o estudo e a interpretação do desenvolvimento da linguagem audiovisual e das novas tecnologias de comunicação e informação com base na revalorização histórica, social e cultural;
  • Pesquisar e compreender os processos e as estratégias de arte e comunicação social nos grupos humanos e nas organizações públicas e privadas;
  • Estudar a arte e a tecnologia como vetor de transformação social, geradora de novas articulações na sociedade;
  • Produzir filmes de diversos gêneros (documentário, ficção, animação),  formatos (cinema, tv, internet e mídias móveis), suportes (digital e película) e durações (curta, média e longa metragens) nas esferas artísticas, comerciais e científicas, voltados seja ao circuito de Cinema, ao mercado audiovisual ou ao âmbito acadêmico;
  • Exercer a docência em nível fundamental e médio, possibilitando uma sólida formação preparatória para a pós-graduação, pesquisa e ensino superior;
  • Gerir processos técnicos e estéticos de produção, bem como processos administrativos e econômicos em Cinema e Audiovisual, de modo a unir e aplicar as referências teóricas, conceituais e técnicas específicas à compreensão do campo e mercado regional em questão, fomentando uma formação versátil e diversificada das artes ao empreendedorismo

 

Mercado de Trabalho

Na dimensão global da contemporaneidade, o mercado audiovisual desponta como um dos maiores fluxos de capitais do planeta. Segundo dados oficiais do mais recente levantamento da Agência Nacional de Cinema – Ancine, somente em 2014 o setor audiovisual brasileiro foi responsável por injetar 24,5 bilhões e por movimentar quase 2 bilhões em importações e exportações diretas. O setor audiovisual brasileiro cresceu 66% entre 2007 e 2013 e hoje em dia o Brasil tem o oitavo maior mercado interno do planeta, reservando-se 43% do MERCOSUL, e continuando a crescer rapidamente.

Considerando a franca expansão do mercado brasileiro na produção e distribuição, no que se incluem os recentes e potentes segmentos da televisão digital, internet, mídias móveis e dos jogos eletrônicos, bem como a afirmação de políticas públicas específicas voltadas para o fomento e desenvolvimento setorial nacional, projeta-se um crescimento que deverá superar a casa dos 100% para a próxima década. Ou seja, enquanto outros setores estão em crise ou mesmo em franca decadência, o mercado audiovisual nacional e internacional cresce vertiginosamente e amplia as áreas de atuação para os novos profissionais de Cinema e Audiovisual.

O Curso de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNINTA dá agora o primeiro grande passo para a afirmação da potência local de Sobral e Região Norte do Ceará no setor audiovisual. Com grande e moderna infraestrutura, equipamentos de última geração, laboratórios e professores altamente qualificados que conta com um quadro de doutores e mestres, o UNINTA proporciona a estas graduações um ambiente favorável ao desenvolvimento artístico, técnico, teórico e humano, matérias-primas essenciais para formar os atributos de um bom profissional do Cinema e Audiovisual. A excelência em inovação pedagógica e tecnológica, já características do UNINTA, transmitem credibilidade e criatividade aos alunos, que poderão assegurar-se em termos de qualidade e compromissos institucionais.

Sobral tem uma potência inexplorada para o setor do Cinema e Audiovisual: a qualidade da luz solar da região Norte, por exemplo, em virtude de sua constância, intensidade e regularidade são consideradas pelos fotógrafos especialistas como superior à do estado americano da Califórnia, que abriga o complexo de Hollywood; a geografia e as paisagens locais não deixam a dever em termos de locações, contendo diversas variações e extensões de sertões, serras, costa litorânea, lagoas, dunas etc. O polo acadêmico-tecnológico da cidade de Sobral também favorece as diversas atividades e atuações em Cinema e Audiovisual, fornecendo os profissionais das áreas mais diversificadas, assim como a infraestrutura básica demandada pelo setor.

Valendo-se das potencialidades regionais e da vocação empreendedora de Sobral, o Curso de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário UNINTA contribui com um sofisticado desenvolvimento econômico e cultural da região Nordeste, possibilitando a realização do sonho de muitos estudantes, artistas e empreendedores da região sem que tenham que migrar para outras regiões ou modificar suas áreas de interesse e atuação por falta de opção local.

 

Competências e Habilidades

De acordo com a Diretriz Curricular Nacional nº 10 de 20061 do Ministério da Educação, na qual se baseia integralmente a formulação do Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual, seu egresso deverá ser capacitado nas seguintes áreas:

  1. Técnica e formação profissional – voltada para a formação prática, habilita o aluno a atuar profissionalmente nas áreas de Direção, Fotografia, Roteiro, Produção, Som, Edição\Montagem, Cenografia e Figurino, Animação e Infografia.
  2. Realização em cinema e audiovisual – voltada para o desenvolvimento de projetos de produção de obras de diferentes gêneros e formatos, destinados à veiculação nas mídias contemporâneas.
  3. Teoria, análise e crítica do cinema e do audiovisual – voltada para a pesquisa acadêmica nos campos da história, da estética, da crítica e da preservação.
  4. Economia e política do cinema e do audiovisual – voltada para a gestão e a produção, a distribuição e a exibição, as políticas públicas para o setor, a legislação, a organização de mostras, cineclubes e acervos, e as questões oriundas do campo ético e político.

a) Competências gerais

  1. Assimilar criticamente conceitos que permitam a apreensão de teorias, bem como a aplicação através de elaboração e produção de obras, processos, produtos e pesquisas na âmbito do Cinema e Audiovisual;
  2. Empregar tais conceitos e teorias em análises críticas da realidade, das artes e das obras/produtos audiovisuais, posicionando-se segundo pontos de vista ético-estético-políticos;
  3. Deter um conjunto significativo de conhecimentos e de informações na área, importantes para a realização de produtos e processos audiovisuais;
  4. Dominar as linguagens audiovisuais, experimentar e inovar no seu uso;
  5. Dominar os processos de produção, gestão e interpretação audiovisuais, em sua perspectiva de atualização tecnológica;
  6. Refletir criticamente sobre sua prática profissional;
  7. Resolver problemas profissionais de sua área de atuação, formulando alternativas factuais e conceituais diante de questões concretas surgidas na área;
  8. Saber trabalhar em equipe, desenvolvendo relações que facilitem o desenvolvimento ou a realização coletiva de um produto ou processo.

b) Competências cognitivas

  • Conhecer a história, os fundamentos e a linguagem do Cinema e Audiovisual;
  • Conhecer a construção histórica das artes e da comunicação social;
  • Compreender e valorizar o papel contemporâneo do Cinema e Audiovisual na difusão do saber, na democracia e no exercício da cidadania;
  • Compreender as especificidades éticas, técnicas e estéticas do campo expandido do Cinema e Audiovisual, em sua complexidade de linguagem e como forma diferenciada de produção e socialização de informação e conhecimento sobre a realidade;
  • Discernir os objetivos e as lógicas de funcionamento das instituições privadas, estatais, públicas ou de outra natureza em que o Cinema e Audiovisual são exercidos, assim como as influências do contexto sobre esse exercício.

c) Competências pragmáticas

  • Propor, elaborar, planejar, executar e avaliar projetos na área de Cinema e Audiovisual;
  • Conhecer conceitos e dominar técnicas dos gêneros cinematográficos e audiovisuais;
  • Traduzir em linguagem audiovisual conteúdos originalmente formulados em linguagens artísticas ou técnico-científicas;
  • Elaborar, coordenar e executar projetos nos vários setores do Cinema e Audiovisual para diferentes tipos de instituições e públicos;
  • Operar equipamentos específicos da prática contemporânea de Cinema e Audiovisual, tais como câmeras, gravadores de áudio e microfones, ilha de edição, softwares, mídias e acessórios;
  •   Diferenciar plataformas de sistemas e modelos de equipamentos, a fim de aplicar corretamente sua utilização em produções, processos e em gestão;
  • Compreender, dominar e gerir processos de produção cinematográfica e audiovisual, bem como ser capaz de aperfeiçoá-los pela inovação e pelo exercício da sensibilidade artística e do raciocínio crítico;
  • Dominar linguagens midiáticas e formatos discursivos, utilizados nos processos de produção audiovisual nos diferentes meios e modalidades tecnológicas de comunicação;
  • Dominar o instrumental tecnológico – hardware e software – utilizado na produção cinematográfica e audiovisual;
  • Avaliar criticamente produtos e práticas cinematográficas e audiovisuais.

d) Competências comportamentais

  • Perceber a importância da legislação de regulamentação e fomento do setor audiovisual brasileiro;
  • Compreender a importância e a função social da arte na sociedade contemporânea, tendo o Cinema e Audiovisual como meios privilegiados de expressão técnica, estética e conceitual;
  • Identificar, estudar e analisar questões éticas e epistemológicas no Cinema e Audiovisual;
  • Conhecer e respeitar os princípios éticos e as normas deontológicas da profissão;
  • Avaliar, à luz de valores éticos, as razões e os efeitos das ações, produções, obras e processos em Cinema e Audiovisual;
  • Atentar para os processos que envolvam a recepção de obras audiovisuais e o seu impacto sobre os diversos setores da sociedade.

Resolução CNE/CES 10/2006. Diário Oficial da União, Brasília, 7 de julho de 2006, Seção 1, p. 29

Informações
Duração: 4 anos
Tipo de curso: Bacharelado e Licenciatura
Modalidade: Presencial
Matriz curricular: Download
Monitorias: Vagas disponíveis

Coordenação do Curso